Últimas notícias de coronavírus na região de Campinas em 18 de novembro de 2021 | Campinas e Região


Um levantamento feito pelo Detran-SP a pedido do g1 nas cinco maiores cidades da região mostra um percentual de 16% a 43% de veículos em circulação que foram adquiridos 0km a partir de fevereiro de 2020 e, por isso, foram emplacados obrigatoriamente com o modelo Mercosul.

Diretor de veículos do Detran-SP, Norberto de Castro Poletti explicou ao g1 que a compra de um veículo seminovo se tornou a opção mais viável para quem precisou trocar de carro ou moto na pandemia da Covid-19, diante da crise da falta de peças nas montadoras pelo país.

"Você tem, então, essa queda no 0km, você tem a menor participação, e os seminovos estão movimentando-se mais e começam a ver essa necessidade da troca de placa. Nessa cenário é que a gente acredita que está maior a participação (de placas Mercosul) ", afirmou.

  • Americana: 27,70% são 0km
  • Campinas: 42,95% são 0km
  • Hortolândia: 16,13% são 0km
  • Indaiatuba: 34,76% são 0km
  • Sumaré: 22,50% são 0km

Placa Mercosul na região de Campinas – Foto: Patrícia Teixeira / g1

Atualização diária de casos e mortes

O g1 acompanhando o enfrentamento da pandemia da Covid-19 nas 31 cidades da área de cobertura da região de Campinas.

Desde o início dos casos positivos e mortes provocadas pela doença, as prefeituras registraram 11.883 óbitos e um total de 417.530 moradores infectados, até 19h41 desta quarta-feira (17).

  • MAPA: casos de coronavírus pelo Brasil
  • Coronavírus: veja perguntas e respostas
  • Total de pessoas que receberam ao menos a primeira dose: 2.770.134 (78,91% da população)
  • Total de pessoas que estão totalmente imunizadas (com duas doses ou dose única): 2.522.758 (71,86% da população)
  • Total de doses aplicadas: 5.547.554

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região



Source link

Escreva um Comentário