Sob fogo cruzado: reunião na segunda pode definir se Carnaval de Campinas terá


Uma reunião entre representantes das Secretarias de Cultura e da Saúde, dos blocos carnavalescos e da Lesca (Liga de Escolas de Samba de Campinas), às 13h, de segunda-feira (29/11), vai definir Campinas terá Carnaval em fevereiro do ano que vem. Mais de 60 cidades do interior de São Paulo cancelaram a festa popular.

A realização da festa está provocando polêmica na cidade. Enquanto alguns são favoráveis, outros são contrários. A vereadora Débora Palermo (PSC) participa a tribuna para condenar a realização do evento. Segundo ela, a pandemia ainda está também presente e a aglomeração de pessoas pode provocar uma alta dos casos de covid-19, que está em queda após a vacinação contra a doença. “O prefeito de Campinas por ser um médico não deve autorizar a realização do Carnaval”, disse ela.

O vereador Luiz Cirilo seguiu a parlamentar e disse que também é favorável ao cancelamento do Carnaval.

Já o vereador Paulo Bufalo (PSOL) disse que a reunião vai servir para ouvir todos os lados – desde a saúde até os que querem a realização do Carnaval. “Não há posição definida, mas muitas dúvidas e apreensão por parte dos blocos e de representantes do próprio Conselho Municipal de Políticas Culturais. Estamos garantindo um espaço de escuta e debate sobre o Carnaval ”, disse ele.

O presidente da Câmara, Zé Carlos (PSB), disse que o prefeito Dário Saadi (Republicanos) disse a um grupo de vereadores que vai autorizar a realização dos blocos carnavalescos.

Hoje a diretora do Devisa, Andrea Von Zuben, afirmou que não há nenhuma definição sobre o Carnaval por parte da prefeitura. “São muitos fatores que temos de levar em conta como vacinação da população, casos… Janeiro é o melhor mês para definir essa questão”, disse ela.



Source link

Escreva um Comentário