Preço do etanol sobe mais que o da gasolina em Campinas – Hora Campinas


Gasolina ou etanol, tanto faz. Qualquer que seja a escolha do motorista para abastecer o carro, o certo é que a quantidade de combustível no tanque pesará – e muito – no bolso. Levantamento de preços realizado pela ValeCard, com base em transações realizadas em postos de 1º a 14 de setembro, aponta que o preço do etanol aumentou mais que o da gasolina nos postos de Campinas.

Com média de R $ 5.753 pelo litro do combustível, a gasolina ficou 2,58% mais cara na cidade na primeira quinzena de setembro, em comparação com agosto, quando o preço médio do litro ficou em R $ 5.608. Já o etanol registrou aumento de 4,70% e fechou o período com preço médio de R $ 4,45.

De acordo com a ValeCard, especializada em soluções de gestão de frotas e meios de pagamento, em diferentes regiões do município, a diferença dos valores cobrados pela gasolina chegou até a 17,49%, com preços entre R $ 5.333 e R $ 6.266.

Enquanto isso, o campineiro que abastece o veículo com etanol derivou variação de 65,90% no preço do litro, com o combustível mais barato registrado a R $ 3,49 e o litro mais caro a R $ 5,79. O preço médio na primeira quinzena de setembro foi de R $ 4,45, um aumento de 4,70% em relação a agosto.

No acumulado deste ano, até agosto, o preço da gasolina aumentou 31,09%. No mesmo período, o etanol subiu 40,75%. O aumento do etanol ocorre em plena safra de cana-de-açúcar.

A proximidade de preços contribui para o combustível vegetal perder comum no mercado. A venda de etanol hidratado caiu 15% em agosto na comparação com o mesmo período de 2020.

A União da Indústria de Cana-de-Açúcar teorias que a diminuição da oferta de cana-de-açúcar é responsável pela oscilação de preço. A expectativa é de quebra na safra 2021/2022 de 12% em razão da seca e geadas.

Compensa?

O combustível vegetal tem 70% da eficiência energética da gasolina. Sendo assim, para compensar financeiramente abastecer o carro com etanol, a diferença de valores entre ambos não deveria superar 70%. Há, porém, que apontam que a evolução dos motores flex interferiu nessa conta ao longo dos anos e que há casos em que até 75% compensaria a esciolha pelo etanol. Contudo, com os preços praticados atualmente em Campinas, o valor do litro do etanol em comparação com o da gasolina corresponde a 77%.



Source link

Escreva um Comentário