Médico hematologista de Campinas vai presidir entidade nacional – Hora Campinas


O médico José Francisco Comenalli Marques Junior, que atua em Campinas desde 1988, foi eleito presidente nacional da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) para o biênio 2022-2023. A instituição representa as especialidades médicas em todo o Brasil e é parceira de instituições internacionais na Europa e Estados Unidos.

A eleição, por unanimidade, foi realizada no último fim de semana durante o Congresso anual da ABHH, o HEMO PLAY 2021, que reuniu mais de 5 mil congressistas em evento totalmente on-line. A posse será em janeiro.

Também faz parte da gestão do médico Carmino Antonio de Souza, que foi secretário de Saúde de Campinas, onde atuou por oito anos, tendo sido antes secretário do Estado da Saúde de São Paulo. Carmino, que é colunista do Hora Campinas, Já atua como coordenador dos comitês técnicos da ABHH e segue na função.

Experiência

Marques, como é conhecido, é formado pela Unesp, onde fez residência em Hematologia e Hemoterapia, com Mestrado e Doutorado em Clínica Médica pela Unicamp. Tem especialização em gestão de serviços de saúde, também pela Unicamp. Foi médico do Hemocentro da Unicamp de 1988 a 2019, quando se aposentou.

Atualmente é médico hematologista com atividade clínica nos Hospitais Vera Cruz e Beneficência Portuguesa de Campinas.

Sua experiência é em hematologia e hemoterapia, atuando também em Transplante de Medula Óssea, aféreses, transfusão e auditórios. Além de produzir conteúdos científicos, o Dr. Marques é também poeta e escritor, tendo lançado o livro “Muito além do Agora- Crônicas e reflexões”. Também se considera aprendiz de contra-baixo.

À frente da ABHH, sociedade médica filiada à Associação Médica Brasileira (AMB), o médico terá pela frente grandes desafios nacionais, como liderar vários projetos que a instituição vem desenvolvendo com foco no paciente. Um deles é o Programa “Um só sangue”, que visa estimular a doação de sangue durante todo o ano. O outro desafio é o projeto, já transformado em Comissão, que luta para oferecer aos pacientes da onco-hematologia acesso aos benefícios mais eficaz tanto no SUS como na medicina privada.



Source link

Escreva um Comentário