Mais parques de Campinas apanhar placas de alerta sobre carrapato-estrela – Hora Campinas


O Lago do Café, em Campinas, recebe esta terça-feira (5), placas informativas sobre o carrapato-estrela, transmissor da febre maculosa. Na Pedreira do Chapadão, a instalação será na quinta-feira (7). Até a última sexta-feira, 1 ° de outubro, sete parques da cidade já receberam os totens com informações instalados na entrada de cada um.

O intuito da ação é alertar uma população para evitar o contato com as áreas vegetadas dos parques, como a grama e folhas secas, para não correr o risco de contato com carrapato. A instalação teve início no dia 24 de setembro, pela Lagoa do Taquaral. Outras áreas de risco no município também recebemão as placas. Os avisos trazem informações sobre os cuidados como utilizar os caminhos de terra e calçamentos ao libertar da grama e folhagem. Além disso, deve-se evitar sentar ou deitar na grama e fazer piqueniques.

Em 2021, até o momento, três pessoas morreram em razão da doença. A vítima mais recente foi um homem de 21 anos, que morreu em agosto. O provável local de infecção foi o bairro Boa Esperança. Em julho, um homem de 58 anos e um adolescente de 13 morreram em razão da doença. Os locais prováveis ​​de infecção foram o distrito de Sousas e o bairro Vista Alegre, respectivamente.

Segundo a coordenadora do Programa Municipal de Arboviroses, Heloísa Malavasi, pessoas que têm áreas freqüentes de vegetação e mato precisam ficar atentas cerca de 15 dias aos sintomas da doença que são febre, dor de cabeça, dor intensa no corpo, mal-estar generalizado, náuseas, vômitos e, em alguns casos, manchas vermelhas pelo corpo. Não há vacina e não é possível eliminar o carrapato.

“Se ocorrer contato com as áreas vegetadas, deve-se fazer uma cuidadosa cuidadosa, principalmente nos locais mais quentes do corpo: atrás do joelho, atrás do pescoço e virilha”, explicou.

A doença é uma infecção grave que tem cura, mas evolui muito rapidamente, por isso, o tratamento deve começar ainda na suspeita. Por isso, quem tiver sintomas deve procurar uma unidade de saúde e informar que esteve em locais de risco ou teve contato com o carrapato.

(Com informações da Prefeitura de Campinas)



Source link

Escreva um Comentário