Inscrições abertas para o Vestibular PUC-Campinas 2022


A PUC-Campinas está com inscrições abertas até 3 de novembro para o Vestibular 2022, que oferecerá vagas para mais de 60 cursos da Universidade.

Vestibular PUC-Campinas 2022

As inscrições podem ser feitas pela internet. Para as inscrições realizadas até 18/10/2021 é oferecido o desconto de 10%.

A prova geral e prova específica de Medicina (Presencial) será aplicada no dia 11/11/2021 (quinta-feira) das 13h às 18h.

A prova Prova geral – Direito e demais cursos acontece em 12/11/2021 (sexta-feira).

“Em 80 anos de história, a PUC-Campinas já formou mais de 200 mil profissionais, consolidando experiência e conhecimento na implantação de cursos e desenvolvimento de metodologias para uma formação profissional de excelência. Por isso, somos uma Universidade que se destaca pela avaliação dos órgãos oficiais e por excelentes classificações nos rankings mais conhecidos e em todo o País ”, disse o Reitor Prof. Dr. Germano Rigacci Júnior.

A University tem se destacado por ser um elo de ligação entre a comunidade acadêmica e empresas. “A PUC-Campinas vai muito além da sala de aula. Através dos estágios e das atividades desenvolvidas pelo Escritório de Talentos e Carreiras, nossa Universidade criou um elo com o mercado de trabalho e é possível interagir com empresas e empreendedores ”, destaca o Pró-Reitor de Graduação Paulo Pozzebon.

Novos cursos

Para o próximo ano haverá quatro novidades, com os novos cursos de Design de Moda, Engenharia Biomédica, Negócios Digitais e Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia. Os três primeiros cursos terão 60 vagas e o de Tecnologia em Gastronomia 40 vagas.

O Bacharelado em Negócios Digitais terá duração de 4 anos, sendo os três primeiros no período matutino e o último no noturno com carga é de 2317 horas e 30 minutos. “No último ano, todas as disciplinas são eletivas e não serão no período noturno para que os estudantes possam fazer estágio”, disse a diretora Sílvia Cristina de Matos Soares.

“O objetivo é formar profissionais que tanto poder criar novas tecnologias quanto a gerenciar negócios, atender necessidades do mercado. Um profissional que é capaz de criar, ser gestor e também desenvolver seus negócios próprios ”, disse.

O de Design de Moda também é matutino com quatro anos e está sendo implantado como um curso “irmão” do Design Digital, implantado em 2015 e que tem nota máxima do MEC. Ele terá 60% de disciplinas conjuntas. “Os dois tem a mesma base conceitual e de fundamentos. Mas o de Moda terá desdobramento para projetos de moda: estilismo, eventos, costura etc. ”, disse o diretor Victor Corte Real.

Haverá também um laboratório específico de moda, o AMMO (Ateliê Multifuncional de Moda). “É um curso com base no design mas feito para o desenvolvimento de projetos de moda, voltado para gestão, análise de materiais, estratégia e comunicação”, disse.

O Curso de Engenharia Biomédica, cujo período de graduação é de 5 anos em turno integral, surge em meio à demanda crescente pela utilização da tecnologia em prol da saúde, buscando soluções eficazes para a prevenção e diagnóstico de doenças. Os estudantes serão capacitados para atuar com a proposição, projeção e desenvolvimento de equipamentos médicos e hospitalares, biomédicos e odontológicos; criação de softwares para diagnóstico e tratamento da saúde; pesquisas sobre materiais e instrumentos etc.

Além de aulas práticas no Campus I, onde são sediados os cursos de Ciências Exatas, Ambientais e de Tecnologia, os alunos de Engenharia Biomédica devem ter acesso ao Campus II, que abriga os cursos de saúde, ampliando sua rede de relacionamento e convivência, bem como suas vivências práticas em laboratórios específicos, no Hospital PUC-Campinas e nas clínicas-escola existentes na Universidade.

O Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia, por sua vez, terá duração de 2 anos e será oferecido no período matutino. Entre os diferenciais, destacam-se a maior carga horária de aulas práticas em alta gastronomia da região e a adoção da metodologia conhecida como aprender fazendo (aprender fazendo), utilizado nas mais renomadas escolas do mundo. O curso privilegia aulas práticas em laboratórios que simulam cozinhas profissionais, fazendo com que o estudante seja inserido no contexto da profissão desde o primeiro dia de aula.

“O curso conta com o que há de mais moderno em infraestrutura e equipamentos em suas instalações e pauta-se nos conceitos e tendência da indústria 4.0, no empreendedorismo e na economia low touch. Nele, o estudante desenvolverá competências para utilizar as principais estratégias e ferramentas tecnológicas para a criação de novos negócios ”, destacou um Chef. Profa. Andréia Pimentel, coordenadora técnica do curso.



Source link

Escreva um Comentário