Indefinição afeta mais de 31 mil vacinados com a Janssen em Campinas – Hora Campinas


Mais de 30 mil moradores de Campinas que tomaram uma dose única da vacina contra um Covid-19 fabricada pela Janssen não sabem quando recebem uma segunda dose e o reforço, conforme anunciado na última terça-feira (16) pelo Ministério da Saúde. Pelas regras do Plano Nacional de Imunização, uma segunda dose deve ocorrer dois meses após a primeira, o que significa que praticamente todos os imunizados com um Janssen estão com o esquema vacinal atrasado.

O Ministério da Saúde promete divulgar em breve uma nota técnica para orientar o esquema de vacinação de Janssen. O governo de São Paulo já informou que não dispõe de estoque da Janssen para a aplicação da segunda dose. A expectativa do valor é que a farmacêutica entregue este mês 7,8 milhões de doses e outras 28,3 milhões em dezembro e que esta sexta-feira (19) distribua aos estados o novo lote com 1 milhão de imunizantes obtida nesta quinta-feira (18).

Os primeiros carregamentos da Janssen chegaram ao Brasil no final de junho. O contrato do país com um fabricante é de 38 milhões de doses, enleadas em lotes mensais até o final do ano. O Brasil ainda revelada 3 milhões de doses doadas pelos Estados Unidos, que chegaram ao país no final de junho.

Pelo anúncio inicial do Ministério da Saúde, os imunizados com a Janssen já são que tomam a segunda dose e completariam o ciclo vacinal com o reforço, aplicado cinco meses depois da segunda dose. “Esses que tomaram a vacina da Janssen vão tomar a segunda dose da mesma vacina e, lá na frente, após cinco meses da segunda dose, receberão uma dose de reforço, preferencialmente, com uma vacina diferente”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, terça-feira (16).

A própria Anvisa foi pega de surpresa pelo anúncio do Ministério da Saúde. A autoridade de permissão da Anvisa apenas para aplicação da dose única. Até o momento, uma única agência regulatória que já liberou o reforço da vacina foi a FDA, dos Estados Unidos. No mês passado, um comitê da FDA recomendou uma segunda dose da vacina contra a Covid-19 da Janssen para aqueles que receberam uma primeira dose do imunizante.

Voluntários

O Vacinômetro do governo estadual aponta que 31.732 campineiros receberam a vacina da Janssen. Outros 470 moradores de Campinas e região foram voluntários dos testes da fase 3 da Janssen no centro de pesquisas do Hospital PUC-Campinas. Em março, todos os que foram imunizados com placebo receberam uma dose do imunizante.

A princípio, deveria ser informados de que haveria uma segunda dose da vacina a ser aplicada a partir deste mês, porém, a imunização foi cancelada. No caso fortunas, pelas regras do PNI, todos já aprendeu a receber a segunda dose e também o reforço.



Source link

Escreva um Comentário