Empresas renovadas com 50 novos ônibus – REVISTA DO ÔNIBUS –


CURITIBA – O prefeito Rafael Greca exibiu nesta terça-feira (17) na Praça Rui Barbosa mais 50 ônibus que passam a integrar uma frota de transporte coletivo da capital. Com esses novos veículos, somam 317 ônibus novos desde dezembro de 2017, com uma maior recuperação dos últimos anos. Ao todo, uma Prefeitura de Curitiba renovou 25% da frota de ônibus operada em apenas dois anos.

Os novos ônibus vão atender como regiões do Sítio Cercado, Pinheirinho, CIC e Tatuquara.

“Estamos entregando 317 ônibus, 17 a mais do que o prometido para o ano e chegamos a 450 veículos no aniversário de Curitiba em março. Temos o compromisso com a população de oferecer um serviço de qualidade. Temos um metrô sob pneus que custa mil vezes menos que um metrô ferroviário e que transporta 1,2 milhão de passageiros por dia ”, disse Greca.

O processo de reforma do ônibus coletivo de Curitiba, retomado em dezembro de 2017 pelo prefeito Rafael Greca, depois de mais de quatro anos parado, evitou e interrompeu a idade média da frota operante.

Hoje, nada é feito, hoje, com 1.250 ônibus que transportam diariamente 1,23 milhão de passageiros que viajam juntos com uma idade média de quase uma década, 9,8 anos. De 2013 até o fim de 2017, nenhum ônibus novo havia sido comprado e assim, com idade média de aumento aumentada. Com uma renovação já feita, ela está em 7,43 e chegará a 7,02 anos com os novos ônibus.

“Esse processo nunca foi interrompido, pois gera um grande aumento de frota vencida e prejuízo para a cidade. O esforço de reforma da renovação foi grande e não pôde parar ”Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs)

Principal meio de deslocamento dos cidadãos curitibanos, ou sistema de transporte de capital que conta atualmente com 254 linhas urbanas operadas por três empresas privadas que disponibilizam uma frota operante de 1.231 ônibus.

As linhas realizam, em média, 14,1 mil viagens por dia, percorrendo mais de 273 mil milhas.

Os 50 veículos entregues hoje são do tipo comum (motor dianteiro, 12 metros de comprimento, cor laranja) para operações nas linhas ativas e alimentadoras. O chassi é o Mercedes Benz OF1721L, com motorização EURO V / PROCONVE P7, e o ônibus tem capacidade para 87 passageiros. Serão 30 ônibus da empresa Sorriso e 20 da Redentor.

Outros equipamentos

Veículos contaminados com quatro câmeras internas, dois espaços para cadeirantes, sistema de monitoramento por câmeras, sinais sonoros e visuais de portas de bloqueio, revestimento com prefixo de ônibus em braille, mensagens de voz na solicitação de parada de cadeirantes, 20% de bancos de dados às pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e iluminação interna em LED.

Com informações da Prefeitura de Curitiba



Source link

Escreva um Comentário