Covid-19: Prefeituras da região de Campinas citam erro de digitação e negação aplicação de vacinas vencidas | Campinas e Região

Os dados, aos quais o G1 também teve acesso, foram publicados pelo jornal "Folha de São Paulo" e indicam que o Problema ocorrido com doses de oito lotes da vacina. As cidades da região citadas no levantamento são as seguintes:

  • Campinas – 86 pessoas
  • Águas de Lindóia – 22 pessoas
  • Sumaré – 18 pessoas
  • Americana – 17 pessoas
  • Hortolândia – 10 pessoas
  • Itapira – 8 pessoas
  • Jaguariúna – 8 pessoas
  • Mogi Guaçu – 6 pessoas
  • Pedreira – 5 pessoas
  • Espírito Santo do Pinhal – 3 pessoas
  • Holambra – 3 pessoas
  • Artur Nogueira – 2 pessoas
  • Indaiatuba – 2 pessoas
  • Mogi Mirim – 2 pessoas
  • Paulínia – 2 pessoas
  • Amparo – 1 pessoa
  • Monte Alegre do Sul – 1 pessoa
  • Monte Mor – 1 pessoa
  • Pinhalzinho – 1 pessoa
  • Tuiuti – 1 pessoa
  • Vinhedo – 1 pessoa

Lotes de vacinas aplicadas após o vencimento

LotesValidadeDistribuiçãoDoses distribuídasAplicadas após validação (em todo o Brasil)
4120Z00129/03/202124/02/2021499.4802.911
4120Z00413/04/202122/01/2021179.880874
4120Z00514/04/202122/01/20211.819.87017.674
CTMAV50130/04/202124/03/2021100.7801.814
CTMAV50531/05/202124/03/2021316.8001.090
CTMAV50631/05/202124/03/2021350.380942
CTMAV52031/05/202124/03/2021254,16084
4120Z02506/04/202124/02/2021351,190546

O Ministério da Saúde disse que todas as doses são cumpridas dentro do prazo e que, caso aplicações para o período ocorram, é preciso passar por uma nova aplicação "respeitando um intervalo de 28 dias entre as doses".

A pasta ainda afirma que "caso alguma vacina seja administrada após o vencimento, essa dose não deve ser válida, sendo recomendado um novo ciclo vacinal, respeitando um intervalo de 28 dias entre as doses". Além disso, ainda segundo uma massa, "o vacinado deve ser acompanhado pela Secretaria de Saúde local".

O lote da vacina é uma informação que deve constar sem comprovante de aplicação.

De acordo com Sabine Righetti, uma das autoras do levantamento, as informações são do DataSUs e da Sala de Apoio à Gestão Estratégica (SAGE). A equipe analisou os dados de vencimento dos lotes de vacina que ainda estavam sendo ministrados no Brasil.

Primeiro, foram encontrados 8 lotes da AstraZeneca que já venceram. Depois, esses dados foram cruzados com as datas de aplicações informadas. Ainda, de acordo com uma pesquisadora e jornalista, esses são os únicos lotes que já passaram da validade no país.

A Secretaria de Saúde de Americana só conhecia em relação a isso por meio de nota enviada aos municípios da região. Por enquanto, a diretoria da DRS-7 (Departamento Regional de Saúde), de Campinas, orientou os municípios para aguardar um parecer do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica), para saber quais condutas devem ser utilizados em relação ao caso. Em relação aos lotes distribuídos em americana, uma Vigilância irá fazer um rastreamento para montar um banco de dados dos moradores que receberam como doses, um fim de informar sobre as medidas futuras.

A aplicação dessa vacina foi feita antes do vencimento do lote. O que ocorreu foi o erro na data de registro da primeira dose. No retorno do paciente à Unidade de Saúde para receber uma segunda dose, uma enfermeira sentindo que não houve sido registrado em sua primeira dose no sistema VACIVIDA, e conseqüentemente foram provocados a primeira e a segunda dose no mesmo dia no sistema, o que ocasionou o erro. A pessoa já foi contatada a equipe da Unidade de Saúde foi até a casa do paciente para fazer o levantamento da carteira de vacinação. Dessa forma, detectou-se a que a primeira dose foi aplicada no dia 4 de março, antes do vencimento do lote, conforme segue a carteira de vacinação.

A Secretaria de Saúde afirma que o município não aplicou doses vencidas da vacina contra a Covid-19 em moradores. Além disso, Artur Nogueira não incluir o lote CTMAV501 – conforme apontado pela reportagem do jornal Folha de S. Paulo.

Ocorreu o caso de erro de digitação da numeração do lote – lançado ao sistema VaciVida – de duas doses que introduzidas sido aplicadas. O erro, no entanto, já foi corrigido e o sistema já se encontra atualizado, para realizar o acompanhamento individualizado e, em tempo real, dos registros de pessoas imunizadas contra o coronavírus.

Sendo assim, não houve falha na gestão de estoque de Artur Nogueira.

Vale destacar que os frascos da AstraZeneca contem 05 ou 10 doses. Uma vez que o frasco é aberto, todas as doses são aplicadas respeitando o limite de tempo. Desse modo, não haveria sequer a possibilidade de apenas duas doses estarem vencidas e as outras oito / três não.

A Vigilância Sanitária Municipal ressalta ainda que a campanha de vacinação está sendo desenvolvida na cidade desde o início com todo o cuidado para evitar os mais distintos problemas.

A Secretaria de Saúde informa que em Campinas nenhuma pessoa chamada dose de vacina fora do prazo de validade. Antes da aplicação de cada vacina, existem cinco checagens por diferentes profissionais das datas de validade das doses.

O que aconteceu foi um erro no registro na tela do computador, em que o digitador clicou no lote errado e encaminhou ao sistema da Secretaria Estadual de Saúde (VaciVida). Os lotes são compostos por letras e números.

Este é um trabalho feito manualmente. De um total de 688.129 doses aplicadas em Campinas, houve erro de seleção em 97, o que representa 0,014%. A Secretaria de Saúde já vincula os contatos com cada uma das 97 pessoas para checagem e esclarecimentos de qualquer dúvida.

A prefeitura informou que foi um erro de digitação no registro do sistema Vacivida e que, na verdade, o Município nem contém o lote citado na reportagem.

Segundo informou a secretária municipal de Saúde, Ana Lúcia Nieri Goulart, e a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, enfermeira Isabel Cristina dos Santos Lima, a cidade de Pedreira não completa nenhuma dose do lote da vacina Astrazeneca possivelmente vencida.

O Departamento Municipal de Saúde de Holambra contém a informação de que três pessoas foram imunizadas após o prazo de vencimento da vacina. Cada um dos casos informados pelo levantamento foi detalhado revisado pelo setor, que confirmou as aplicações dentro do prazo e, portanto, sem prejuízo ao paciente. Essas pessoas serão procuradas pelo Departamento Municipal de Saúde para que haja acesso à disposição dos dados corrigidos. Holambra já aplicou, desde o início da campanha de imunização, 9.688 doses de vacinas contra a Covid-19.

Em relação à divulgação de vacinas supostamente aplicada fora do prazo de validade, a Secretaria de Saúde informa que não houve nenhum caso em Mogi Mirim. Todas as doses da vacina AstraZeneca foram aplicadas dentro do prazo de validade. Com isso, as pessoas que receberam a vacina distribuída pela Fiocruz estão imunizadas. Quem ainda não refrescada a 2ª dose deve aguardar os dados para completar a imunização.

Segundo a prefeitura, houve um erro de lançamento no Sistema Único de Saúde (SUS). A administração afirma que o morador foi imunizado em 1 de março, um mês antes do que consta no sistema.

A Prefeitura de Monte Mor, por meio da Secretaria da Saúde, vem por meio desta nota de esclarecimento tranquilizar a população que não procede a uma informação divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, na edição de sexta-feira, dia 2, no que diz respeito a inserção do município de Monte Mor como uma das cidades brasileiras que possivelmente serão doses vencidas da vacina Astrazeneca. A Secretaria da Saúde esclarece que todos os recebimentos foram recebidos dentro do seu prazo de validade, o que não compromete o resultado da vacinação e a imunização.

A Secretaria Municipal de Saúde, via Departamento de Vigilância em Saúde, informa que o munícipio de Paulínia sempre que exerceu controle sobre a garantia da qualidade e segurança das vacinas, realizando uma solicitação das mesmas dentro do prazo de validade estabelecido e registrado nos frascos de vacina pelo laboratório fabricante.

Dos 08 lotes da vacina Astrazeneca mencionada em matéria jornalística, 04 lotes não foram recebidos pelo município de Paulínia.

De modo adicional e oficial, registre-se que os lotes:

  • 4120Z001: As doses foram aplicadas em 2 de Março (vencimento 29/3);
  • 4120Z005: As doses foram aplicadas em vários dias dos meses de Fevereiro e Março (vencimento 14/4);
  • CTMAV520: As doses foram aplicadas em 28 e 29 de Abril (vencimento 31/5);
  • 4120Z025: As doses foram aplicadas em 1 e 2 de Março (vencimento 4/6)

A Secretaria de Saúde de Vinhedo esclarece que a vacinação com Astrazeneca foi realizada dentro do prazo de validade das vacinas. O Ministério da Saúde divulgou que os serviços especializados especializados uma dose para o prazo, mas a informação não procede. A vacina foi aplicada antes do dia 14 de abril, quando venceria, mas o Sistema Conecte SUS do Ministério da Saúde processou o lançamento da aplicação dias depois. O paciente foi contatado pela Secretaria de Saúde na tarde desta sexta-feira (2) e confirme se há uma dose antes do dia 14. O paciente é um profissional da área da Saúde e mais na região do Bosque.

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região

Fonte: Post Completo

Desentupidora campinas

Técnico em Desentupimento da Desentupidora Campinas

Essas foram mais umas das dicas e Noticias de Campinas e Região que a Desentupidora Campinas oferece diariamente em seus post por isso volte sempre para ver, temos posts novos todos os dias, de como desentupir pia, como desentupir ralo, como desentupir vaso, como contratar uma Desentupidora em CampinasTabela de Preço para serviços de Desentupidora, e por ai vai.

A Empresa Desentupidora

A Desentupidora Campinas atua no mercado a mais de 19 anos, tendo assim experiência e sabedoria ao executar um trabalho simples ou complexo.

DESENTUPIDORA CAMPINAS 24 HORAS

Serviços de Desentupimento de esgoto em geral, Hidrojateamento, Limpeza de Fossa, e Caixa de Gordura.

DESENTUPIDORA CAMPINAS faz serviços de desentupimento de caixa de gordura, limpa fossa, hidrojateamento e serviços de encanador.
Atendemos residências, condomínios, pontos comerciais e industriais. Nossa meta é trazer para os clientes a solução mais rápida do mercado.

Contamos ainda com muitos profissionais especializados, todos altamente qualificados e com equipamentos de ponta para execução de serviços como desentupimento de esgoto, limpa fossa, hidráulica, dedetização, encanador, caça vazamentos.

A marca DESENTUPIDORA CAMPINAS é melhor Desentupidora de CAMPINAS.

DESENTUPIDORA CAMPINAS atende a área de CAMPINAS e região. Somos qualificados e com profissionais capacitados para os serviços de  desentupimento, hidrojateamento e limpeza de fossa.

Se você está precisando dos nossos serviços a nossa equipe profissional irá ajudá-lo no que precisar, atendendo de forma rápida e com o melhor custo/benefício. Nós trabalhamos muito para que você sempre esteja totalmente satisfeito com os nossos serviços.

Veja nosso Site antigo Desentupidora Campinas.

Também veja os links para os serviços que fazemos site antigo.

Caça Vazamento

Vasos Sanitários

Rede de Esgoto

Pias, Ralos e Tanques

Hidrojateamento

Limpa Fossa

A Empresa Desentupidora Campinas